CARLOS MADIA PRODUÇÕES

Sentindo a necessidade de uma produção que valorizasse os artistas locais, Carlos Madia incorporou ao que era, até então, uma carreira de músico, o posto de produtor.

 

Tudo começou em 1992, quando Madia realizou seus primeiros trabalhos de produção, coordenando a programação musical das praças centrais de hipermercados de Sorocaba. Além desses eventos e de trabalhos com artistas locais, passou a produzir os próprios shows, realizando apresentações como “Caetaneando” e “50 anos do bom baiano”, homenagens a Caetano Veloso, além de seu primeiro disco, “Poesiviolão”, de 1997.

 

Em 1998, sua experiência foi colocada a serviço da partilha do conhecimento. Ao lado do músico Mingo, produziu um workshop chamado “Da ideia ao disco”, em parceria com a Secretaria de Cultura do Estado, no qual os interessados em gravar um CD poderiam saber como melhor estruturar o trabalho. No ano seguinte, idealizou o projeto “Quartas Acústicas” no Tribeca Café em Sorocaba, onde recebia a cada semana um convidado diferente, entre músicos da cidade e até o trompetista Chiquinho, da banda de Jô Soares.

 

Entre 2002 e 2006, Madia fez cinco temporadas em Tóquio, no Japão, e em 2007, retomou as atividades no Brasil. Já nesse ano, produziu junto à Secretaria de Cultura de Votorantim, o projeto “Sons e Ritmos”, no qual artistas locais tiveram grande espaço para se apresentar no Comas (Comissão Municipal de Assistência Social). O show de encerramento foi com a consagrada cantora Vanusa.

 

A convite das secretarias de Cultura de Sorocaba e Votorantim, Madia partiu para mais uma grande empreitada e o projeto “Vizinhos Afinados” se concretizou, uma referência à proximidade e afinidade entre as duas cidades. Com o intuito de estreitar relações entre a produção cultural intermunicipal, os shows sempre contavam com a abertura de artistas locais, em alguns casos dividindo o palco. Também foram promovidos workshops e bate-papos com os fãs. Já na primeira edição, o “Vizinhos Afinados” recebeu Filó Machado, Arrigo Barnabé, Guinga e Eduardo Dussek.

 

Em 2008, realizou shows com Inezita Barroso, Jair Oliveira, Silvio Brito, Caju e Castanha, Nelson Ayres, Edgard Scandurra, Kleiton & Kledir e Kiko Zambianchi. No mesmo ano, produziu o concerto pop-sinfônico “Sorocaba é Show”, produzido em parceria com Maurício Trindade e com apoio da Secretaria de Cultura de Sorocaba e da Fundec (Fundação de Desenvolvimento Cultural). No parque Campolim, com entrada franca, esta apresentação reuniu a Orquestra Sinfônica de Sorocaba e músicos de diversos estilos (pagode, sertanejo, MPB, Rock...), somando quase 100 artistas juntos no palco, interpretando canções populares com arranjos especialmente escritos para a ocasião. O sucesso foi tão grande que a apresentação reuniu um público estimado em cinco mil pessoas, que cantaram e aplaudiram em pé os talentos locais. Uma segunda edição do projeto foi produzida no mesmo ano após vários pedidos do público.

 

Em 2009, outra lacuna artística cultural foi explorada pela Carlos Madia Produções. Com o “Cultura da Hora”, apoiado pela iniciativa privada, a produtora busca interferir no cotidiano das pessoas, levando até elas toda a genialidade e sutileza do universo das artes, e enaltecendo o talento dos artistas regionais, através de manifestações culturais realizadas nos hipermercados da cidade.

 

Mais uma parceria com a Prefeitura de Sorocaba, através de suas secretarias da Cultura e Lazer, Cidadania e Relações do Trabalho, culminou na realização do “Domingo no Parque”, projeto desenvolvido desde 2009. Inicialmente realizado apenas aos domingos, busca valorizar os artistas locais e transformar o local onde era realizado em referência para atividades culturais. Desde 2013, é chamado “Viva a Praça” e foi expandido para outros espaços da cidade, sendo realizadas três apresentações a cada final de semana.

 

Em 2010, dois novos projetos criados pela Carlos Madia Produções foram aprovados pelo Ministério da Cultura, para captar recursos através da Lei de Incentivo à Cultura, a Rouanet. Ambos promoveram a música instrumental: o “Sonoridarte”, que contemplou vários estados brasileiros, e o “Noites Acústicas”, realizado em 2011, que levou cultura a Paranaguá/PR, cidade do litoral paranaense.

 

Em parceria com a iniciativa privada, gerencia dois projetos em execução em Paranaguá: a “Casa de Convivência”, que oferece atividades culturais e de inclusão digital, gratuitas à população, e o “Cultura na Estação”, que desde 2010 leva atrações culturais variadas à Praça da Estação, em Alexandra, às sextas-feiras.

 

Ainda em 2010, Madia foi convidado por um clube de Sorocaba para realizar o “Boteco Ipanema”, e durante quatro anos o público pode prestigiar renomados artistas do cenário musical brasileiro, como Demônios da Garoa, Originais do Samba e Eduardo Dussek.No ano seguinte, contemplado pela LINC (Lei de Incentivo à Cultura), produziu seu segundo álbum inteiramente autoral, “Mais tudo isso”, uma parceria com a poetisa Miriam Cris Carlos.

 

Desde 2013 produz as atividades do Trio Macaíba, que no período esteve em turnê europeia e lançou um novo disco. Em 2014, a produtora realizou, em pareceria com o Sesc Sorocaba, o Música de Bar, que criou um ambiente descontraído no local e promoveu artistas conhecidos na noite sorocabana. Também realizou o projeto “Batuque na Vida”, que por meio de aulas de percussão interveio musical e socialmente na vida de adolescentes da periferia de Campinas/SP

 

Atualmente, desenvolve projetos específicos de acordo com a necessidade dos clientes, sejam eles empresas ou pessoas físicas, mantendo-se sempre fiel ao lema que incentivou sua criação:

 

A Carlos Madia Produções surgiu e se mantém com o intuito de promover a arte em si, independente de gênero, localidade ou fama.

  • CARLOS MADIA PRODUÇÕES ARTÍSTICAS
      Tel: (15) 3217-1611 / 99721-2485 - carlosmadia@carlosmadia.com.br

Desenvolvido por Fernanda Teka

  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - White Circle
  • Instagram - White Circle